Basf encerrará atividades em Paulínia

A multinacional alemã Basf anunciou que encerrará as operações da fábrica de insumos químicos para a produção de defensivos agrícolas em Paulínia (SP), em 31 de dezembro. As linhas de produção da unidade serão transferidas para a fábrica da Basf em Guaratinguetá e outras serão terceirizadas. O encerramento de atividades em Paulínia tem por objetivo adequar a estrutura da empresa à atual realidade econômica, mantendo a competitividade nos mercados onde atua, informou a Basf, em comunicado á imprensa. Segundo a empresa, o passivo ambiental existente no terreno - que pertencia à Shell, agora condenada pela Justiça a pagar indenização -, deverá ser totalmente sanado de acordo com as leia vigentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.