Bebê morre com bactéria que já matou cinco no DF

Criança de nove meses morreu no último dia 20, no Hospital Regional do Paranoá

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

29 Dezembro 2011 | 19h35

SÃO PAULO - A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou nesta quinta-feira, 29, que uma criança de nove meses morreu contaminada com a bactéria Streptococcus pyogenes. Esta é a sexta morte registrada no Estado.

A vítima foi atendida no Hospital Regional do Paranoá, na tarde do dia 19, com febre e falta de apetite. Dias antes, a criança já havia sido atendida em duas ocasiões diferentes, apresentando apenas febre alta. Após a internação, houve melhora do quadro, porém, à noite a criança piorou e foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O bebê morreu no último dia 20, vítima de choque tóxico.

O Laboratório Central de Saúde Publica (Lacen/DF) emitiu o laudo confirmando a presença do Streptococcus pyogenes. Neste ano, segundo dados da secretaria, foram confirmados nove casos da doença no DF, com seis óbitos e três curas.

Mais conteúdo sobre:
Streptococcus pyogenes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.