Bento XVI inicia Vigília Pascal no Vaticano

A Vigília Pascal é um dos ritos mais antigos da liturgia e é celebrado na noite do Sábado de Aleluia

Efe,

11 de abril de 2009 | 16h44

O papa Bento XVI celebra na basílica de São Pedro, no Vaticano, a Vigília Pascal, durante a qual administrará os sacramentos do Batismo, da Confirmação e da Eucaristia a cinco adultos, três mulheres e dois homens vindos de Itália, China e Estados Unidos.

 

Veja também:

linkPapa Bento XVI dá início à Via-Sacra em Roma

linkVaticano critica campanha 'Deus não existe' na Europa

linkPapa adverte contra liberdade absoluta na Missa Crismal

linkPapa lava pés e faz apelo contra tentação material e vaidade

linkCelebração da Páscoa de Aparecida deve reunir 140 mil fiéis

 

A Vigília Pascal é um dos ritos mais antigos da liturgia e é celebrado na noite do Sábado de Aleluia.

 

A cerimônia começou no átrio da basílica, onde Bento XVI abençoou o fogo novo e acendeu o Círio Pascal, símbolo de Jesus Cristo.

 

Depois, o pontífice começou a procissão rumo ao altar maior, em meio à escuridão e ao silêncio no templo, iluminado pouco a pouco com as velas das milhares de pessoas que enchem a basílica, acesas com a chama do Círio Pascual.

 

Assim que o papa chegou ao altar, todas as luzes foram acesas e um diácono então começou o canto do Exultet, que precede a Liturgia da Palavra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.