Bento XVI pede que jovens recebam dias como presente divino

Em cerimônia por ocasião do ano-novo, papa também lembrou os doentes e os recém-casados

Efe,

02 de janeiro de 2008 | 12h46

O papa Bento XVI pediu nesta quarta-feira, 2, aos jovens, por ocasião do ano-novo, que saibam considerar cada dia como "um presente de Deus", que o recebam com "gratidão" e vivam com "retidão".  Veja também:Papa nomeia Paulo Francisco Machado bispo de UberlândiaVaticano planeja encontro entre católicos e muçulmanos O papa desejou que neste novo ano, "iniciado sob o sinal da Virgem Maria", os fiéis possam caminhar "mais rapidamente pelo caminho do bem" e contemplar com "olhos renovados o rosto" de Jesus, "sustentados e confortados" pela proteção de Nossa Senhora. Bento XVI lembrou os jovens, os doentes e os recém-casados durante a primeira audiência geral de 2008, celebrada na Sala Paulo XVI do Vaticano. O papa desejou aos doentes que o novo ano lhes traga "consolo" para o corpo e o espírito, e disse aos recém-casados que aprendam a "realizar uma verdadeira comunhão de vida e amor". Bento XVI falou da Virgem Maria durante a catequese e convidou os fiéis a meditar sobre a "importância da presença de Maria na vida da Igreja e na existência" de cada pessoa.

Tudo o que sabemos sobre:
Papa Bento XVI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.