AP
AP

Bento XVI reza pela beatificação de João Paulo II

Na missa em memória de seu antecessor, papa pede que jovens sigam vida religiosa

Associated Press,

02 de abril de 2009 | 16h23

O papa Bento XVI marcou os quatro anos da morte de seu antecessor, João Paulo II, com uma missa realizada nesta quinta-feira, 2, e novas orações pela beatificação do pontífice polonês.

 

Bento presidiu a celebração da missa na Basílica de São Pedro e lembrou como João Paulo era amado, principalmente entre os jovens católicos.

 

"Quantas vocações sacerdotais... estão ligadas ao testemunho e à pregação de meu venerado predecessor!", disse Bento, ao exortar os jovens a procurar o sacerdócio e a vida religiosa.

 

Mais tarde, Bento desceu à gruta sob a basílica e ajoelhou-se em silêncio, por alguns minutos, diante da tumba de João Paulo. O papa aspergiu água benta antes de retornar à igreja e saudar peregrinos.

 

Bento disse a peregrinos poloneses, na quarta-feira, 1º, que rezava pela beatificação de João Paulo, o primeiro passo para que uma pessoa seja declarada santa.

 

Apenas um mês após a morte de João Paulo, em 2005, Bento colocou-o na via expressa para a santidade, abrindo mão do prazo tradicional de cinco anos que costuma ser observado antes que uma pessoa possa ter sua biografia examinada para fins de beatificação.

 

Autoridades do Vaticano dizem que o processo está encaminhado, e que o milagre exigido foi identificado e está sendo examinado. O suposto milagre envolveria a cura de uma freira francesa que sofria do mal de Parkinson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.