Bertioga promete coibir invasão em área de proteção ambiental

A prefeitura de Bertioga está criando um serviço para reprimir as invasões de áreas consideradas de proteção ambiental. Helicópteros, ultraleves e até barcos serão utilizados no patrulhamento do município, a fim de evitar o desmatamento clandestino.De acordo com o prefeito Laírton Goulart (PL), toda a região será rastreada por equipes que farão o monitoramento terrestre e fluvial. "Com isso, teremos um conhecimento detalhado de todo o território municipal, objetivando impedir qualquer tentativa de invasão ou desmatamento", afirmou, destacando que a intenção é zelar pelo meio ambiente, já que as áreas de preservação ambiental são freqüentemente invadidas.O patrulhamento será centralizado na Secretaria de Meio Ambiente, que tem planos de ampliar a Guarda Ambiental, com a realização de concurso público para contratação de novos guardas municipais para atuar no novo serviço.

Agencia Estado,

27 de junho de 2002 | 17h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.