'Bíblia' da saúde mental pode tratar birra como transtorno

Especialistas alertam que, com a nova edição do manual, feito nos EUA, pessoas saudáveis serão vistas como doentes

, O Estado de S.Paulo

28 Julho 2010 | 00h00

LONDRES

Uma edição atualizada da "bíblia" sobre saúde mental usada pelos médicos pode incluir diagnósticos de "transtornos" como birras de criança e compulsão alimentar, o que poderia significar que em breve ninguém mais será classificado como normal.

Especialistas em saúde mental alertaram ontem que a nova edição do Manual de Diagnóstico e Estatística de Transtornos Mentais, que está sendo revisado para publicação em maio de 2013, poderá desvalorizar a gravidade de doenças mentais e rotular quase todas as pessoas com algum tipo de desordem.

Citando exemplos de novas atualizações, como depressão com ansiedade suave, síndrome com risco de psicose e transtorno do temperamento irregular, os especialistas disseram que muitas pessoas saudáveis poderão ser informadas que estão doentes.

"Tecnicamente, todos teremos desordens. Isso pode levar a crer que muitos de nós "precisamos" de drogas para tratar nossas "condições" ? e muitas dessas drogas podem ter efeitos colaterais perigosos", disse Til Wykes, do Instituto de Psiquiatria do Kings College London, em comunicado assinado também por Felicity Callard, do mesmo instituto, e Nick Craddock, do Departamento de Medicina Psicológica e Neurologia da Universidade de Cardiff.

O manual é publicado pela Associação Psiquiátrica Americana e contém descrições, sintomas e outros critérios para o diagnóstico de transtornos mentais. É visto como a bíblia global para o campo da medicina de saúde mental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.