Biota expõe suas descobertas sobre fauna e flora de São Paulo

Idealizado como um programa de catalogação, conservação e uso sustentável da biodiversidade do Estado de São Paulo, o Biota/Fapesp ( www.biota.org.br) já rendeu um banco de dados com quase 8 mil espécies diferentes de fauna, flora e microorganismos - pelo menos 152 delas até então desconhecidas da ciência.Grande parte destas descobertas estará exposta a partir desta terça-feira, na exposição Cores e Sombras da Biodiversidade do Estado de São Paulo, no Centro Cultural Citibank (Avenida Paulista 1.111), a partir das 19h30.O programa está completando cinco anos e tem mais dez pela frente. Nada menos que 12 novas espécies de peixes já foram descobertas. Entre os invertebrados marinhos coletados no Litoral Norte, na região de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, foram catalogadas 800 espécies, mais de 70 delas desconhecidas da ciência.Com as borboletas ocorreu algo semelhante: havia 1.538 delas registradas no Estado, e o Biota achou mais de 1.600 espécies. O número continua crescendo.Até o fim do projeto, milhares de outras espécies serão catalogadas, mas ninguém ousa adivinhar quantas serão. "A comparação que faço é : quantas estrelas há no céu? Ninguém sabe. Estamos na mesma situação em relação à biodiversidade do nosso Estado", afirma Carlos Alfredo Joly, coordenador do programa, que envolve 600 pesquisadores em mais de 50 projetos.A exposiçãoA exposição foi organizada com 50 painéis. "Ela está estruturada de forma que a pessoa seguirá um caminho semelhante ao que encontraria se entrasse no Estado de São Paulo pelo Litoral Norte", explica Joly.São em cinco módulos, começando pelo de Águas Costeiras, que mostra os diferentes ecossistemas da região em fotos do ambiente e de espécies ali encontradas. Depois passa pelos módulos de Mata Atlântica, Centros Urbanos, Água Doce e Cerrados, com dez painéis cada um.A partir de agosto, a exposição irá para outras regiões da cidade de São Paulo e unidades do Sesc em Itaquera e Interlagos, além de outras cidades do Estado, como Ribeirão Preto e Campinas.

Agencia Estado,

31 de maio de 2004 | 12h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.