Brasil é sede da Organização de Cooperação Amazônica

O Brasil passa a ser sede permanente da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica, que reúne oito países da região: Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, Equador, Bolívia, Suriname e a Guiana. O acordo foi assinado hoje, no Palácio do Planalto, em cerimônia que contou com presença do presidente Fernando Henrique Cardoso.O secretário-geral da entidade, o boliviano Sérgio Sánchez, disse que a organização tem um orçamento de apenas US$ 1,3 milhão por ano para promover a integração e o desenvolvimento da Amazônia em questões como assuntos indígenas, infra-estrutura, saúde e meio ambiente.Em seu discurso, Fernando Henrique reafirmou que os dados coletados pelo Sistema de Vigilância da Amazônia estão à disposição dos países de região e enfatizou que o desenvolvimento sustentável já faz parte da cultura dos países que compõem a Amazônia. Ele destacou também os desafios que a organização deverá enfrentar na região, como o narcotráfico, o terrorismo e o contrabando de armas.

Agencia Estado,

13 de dezembro de 2002 | 12h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.