Brasil participará de encontro científico do G8

A reunião tem como objetivo discutir o desenvolvimento de novas tecnologias na produção de energia

Efe,

23 de março de 2009 | 16h34

O Brasil está na lista de países participantes do próximo encontro sobre ciência do Grupo dos Oito (G8, que reúne as sete principais economias do mundo e a Rússia), que acontecerá nos dias 26 e 27 de março, em Roma.

 

A reunião, que tem como objetivo discutir assuntos ligados ao desenvolvimento de novas tecnologias na produção de energia, reunirá também México, China, Índia e África do Sul, além do Egito na condição de observador, informou nesta segunda-feira, 23, o Ministério de Assuntos Exteriores italiano.

 

O chamado G8+5 Academies Meeting abordará como temas principais os fluxos migratórios internacionais e o papel das novas tecnologias na produção e conservação da energia.

 

O primeiro dia de trabalhos, na próxima quinta-feira, começará com um ato inaugural presidido pelo ministro de Exteriores italiano, Franco Frattini.

 

Esse será o único dia de trabalho aberto aos meios de comunicação, pois na sexta-feira todos os encontros acontecerão a portas fechadas.

 

As conclusões do encontro serão incluídas em um documento final que será levado à cúpula de chefes de Estado e Governo dos Estados Unidos, França, Reino Unido, Itália, Canadá, Japão, Alemanha e Rússia, em julho, também na Itália.

Tudo o que sabemos sobre:
G8ciência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.