Brasil proporá criação de santuário de baleias

O ministro do Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, afirmou ontem que a Argentina e a África do Sul estão apoiando a proposta brasileira de criação de um santuário de baleias em todo o Oceano Atlântico Sul. A proposta será levada pelo Brasil à Comissão Baleeira Internacional (CBI), durante a 54a reunião da entidade, que acontece entre os dias 20 e 24 de maio, em Shimonoseki, Japão. O País também defende a continuidade da moratória de caça às baleias, que está em vigor desde 1986, e cuja suspensão está sendo proposta pelo Japão. Segundo a organização não-governamental Sea Shepard, a situação, para as baleias, já esteve melhor. Desde quando a CBI aprovou a moratória mundial da caça do animal, o Japão não teria cumprido a lei, realizando anualmente caças denominadas ?científicas? na região da Antártida, começando em novembro de cada ano e indo até março do ano seguinte. Segundo a ONG, em média, foram abatidas 450 baleias minkes nessas ocasiões. Caças com fins de pesquisa são permitidas.A Sea Shepard ainda acusa o Japão de comprar votos de países menores, em troca de investimentos nos seus territórios. ?Sinceramente, não tenho essa informação e a gente aposta na autonomia e soberania dos países para tomar uma decisão que corresponda a seus interesses e também aos interesses planetários, de uma sociedade mais comprometida com a sustentabilidade?, disse o ministro.Carvalho sabe que será difícil aprovar a proposta brasileira na reunião. ?Temos de atingir três quartos dos votos dos países presentes. Estou indo pessoalmente fazer uma articulação corpo-a-corpo com os países para atingir o quórum, embora sabendo que há dificuldades ainda a serem vencidas, de convencimento de alguns países?, disse. A criação do santuário no Atlântico Sul, um local onde a caça seria terminantemente proibida, serviria para proteger as baleias no caso do Japão conseguir a liberação da caça, protegendo inclusive as áreas juridicionais brasileiras. Existem no mundo dois santuários para proteção das 12 espécies de grandes cetáceos. Eles ficam no Oceano Índico e no Oceano Sul, na Antártica. Este ano deve ser votada, além da criação do Santuário de Baleias do Atlântico Sul, a sugestão apoiada pela Austrália e Nova Zelândia de criação do Santuário de Baleias do Pacífico Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.