Brasil vê eclipse total da Lua nesta noite

A partir das 22h14min23s desta quarta-feira todo o Brasil, onde não houver céu nublado, poderá ver diretamente o segundo eclipse total da Lua deste ano - o primeiro foi no dia 4 de maio. Nos locais onde o céu estiver encoberto, o fenômeno também poderá ser observado, mas pela internet. O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) criou um site que transmitirá imagens captadas pelos mais potentes telescópios do País.Em São Paulo, se o tempo estiver bom, quem quiser poderá observar com telescópios, que serão instalados nos Parques do Ibirapuera, na zona sul, e do Carmo, na zona leste, e no Centro Educacional Unificado (CEU) Butantã.Em cada um deles haverá monitores, que vão ajudar o público a observar o fenômeno - inclusive os que levarem seus próprios equipamentos. Além disso, no Ibirapuera será instalada uma tela circular, de 6 metros de diâmetro, na qual serão projetadas imagens relacionadas ao tema e imagens do próprio eclipse.Haverá ainda, no mesmo local, um simulador de viagem espacial que permitirá ao público (14 pessoas por vez) visualizar o fenômeno do eclipse como se estivessem numa nave em órbita da Terra.FasesO eclipse tem três fases. O início do fenômeno ocorre quando a Lua começa a entrar na penumbra da Terra, uma zona de sombra tênue, que circunda a umbra (sombra em latim), um cone de escuridão mais densa. Quando a Lua está nesta última é a fase total do eclipse.Mesmo nesse momento o satélite não fica completamente escuro, mas ganha uma cor alaranjada. Isso ocorre porque parte da luz do Sol é refratada (isto é, desviada) pela atmosfera da Terra e chega à Lua.A primeira fase parcial do eclipse de hoje vai até as 23h23min04s, quando se inicia a fase total, que vai até a 0h44min41s. Nesse momento o fenômeno volta a ser parcial. O auge da totalidade ocorrerá à 0h04min04s.Outra oportunidade para ver fenômeno semelhante só no dia 21 de fevereiro de 2008.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2004 | 16h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.