Brasileiro faz parte de QG da missão em Marte

Nenhum brasileiro já esteve tão próximo de Marte quanto o físico Paulo Souza Júnior. Nas últimas semanas, enquanto o restante do País assistia às imagens do planeta vermelho pela mídia, ele acompanhava tudo ao vivo, do núcleo de controle do Laboratório de Propulsão à Jato (JPL) da Nasa em Pasadena, na Califórnia. Analista de tecnologia da Companhia Vale do Rio Doce, em Vitória (ES), Souza é o único cientista brasileiro na missão dos jipes Spirit e Opportunity em Marte. Foi convidado pelo chefe do projeto, Steve Squyres, após desenvolver, na Alemanha, dois equipamentos do braço dos robôs.Leia mais em

Agencia Estado,

31 de janeiro de 2004 | 03h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.