Bush não participará da Rio+10

O presidente dos Estados Unidos, George W.Bush, não vai participar da Cúpula Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+10, que começa no próximo dia 26 em Johanesburgo, na África do Sul. O secretário de Estado, Colin Powell, deve ser o representante dos EUA na reunião, segundo um funcionário do governo. O funcionário, que não quis se identificar, disse que o presidente americano não vai participar da reunião de cúpula por estar planejando uma grande viagem à África em 2003.Muitos ambientalistas e a oposição democrata criticaram a decisão de Bush. Eles acreditam que os EUA deveriam ter um papel predominante nas negociações dos tratados de proteção ao meio ambiente. ?Queremos que Bush reconsidere sua decisão. Evitar uma reunião de cúpula global que outros dirigentes mundiais consideram fundamental pode enfraquecer nossa habilidade de conseguir políticas com o apoio internacional, que podem beneficiar nossos interesses?, disse uma carta de legisladores democratas publicada recentemente.Também alguns atores famosos como Leonardo DiCaprio e Cameron Díaz deram apoio a uma carta feita pela organização ambientalista Global Green USA com um pedido para que o presidente participasse da reunião na África do Sul. Para os grupos ambientalistas é importante que nesse encontro se garantam medidas concretas, com objetivos e calendários definidos, para evitar maiores danos ao meio ambiente. Por isso, a presença dos EUA é de extrema importância. Estima-se que o encontro, um dos mais importantes da agenda das Nações Unidas, contará com a participação de 50 mil pessoas, incluindo mais de cem chefes de Estado e de Governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.