<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Bush ouve cada vez menos os cientistas

Participantes da reunião nacional da Associação Norte-Americana para o Avanço da Ciência acusaram o presidente George W. Bush de sufocar a voz da ciência. Segundo eles, o orçamento federal proposto para 2005, corta gastos com pesquisas básicas e reduz o investimento em educação para formar os futuros cientistas do país.Os cientistas afirmam que os cortes não são de agora e que desde que Bush chegou à Casa Branca, em 2001, os especialistas estão sendo cada vez menos consultados para assuntos políticos. Além disso, cortes nos fundos para investigações e treinamento avançado estão aumentando.Os oradores afirmaram que alguns cientistas de agências federais consideradas chaves estão sendo, até mesmo, pressionados a mudar as conclusões de seus estudos, quando estes não apóiam posições oficiais.Os pesquisadores também demonstraram preocupação em relação ao intercâmbio científico. Segundo eles, as restrições para conseguir o visto norte-americano têm diminuído o fluxo de estudantes estrangeiros que, tradicionalmente, são parte importante da comunidade de pesquisa dos Estados Unidos.

Agencia Estado,

21 de fevereiro de 2005 | 14h34

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.