Butantã ainda procura 3 livros que estavam no prédio incendiado

Arquivos digitalizados referentes aos livros tinham sido copiados e arquivados em outro local

Priscila Trindade, da Central de Notícias

18 Maio 2010 | 18h14

O Instituto Butantã informou na tarde desta terça-feira, 18, que 42 livros de registro da coleção de serpentes não foram atingidos pelo incêndio ocorrido no Prédio das Coleções no último sábado, 15, pois os originais estavam armazenados em um local distante da área atingida. Mas ainda falta localizar três livros que estavam no prédio.

 

Parte do acervo do Butantã 'sobrevive'

 

De acordo com o instituto, os livros contêm registros de todas as espécimes que estavam armazenadas no galpão destruído pelo fogo. 

 

Além disso, os arquivos digitalizados referentes aos livros tinham sido copiados e arquivados em outro local, e todo o material didático já havia enviado às escolas.

 

Os pesquisadores que trabalhavam no Prédio das Coleções, agora desenvolverão provisoriamente seus estudos em uma área dentro do instituto. As causas do incêndio serão investigadas pela polícia.

Mais conteúdo sobre:
butantãincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.