Caçador é preso por matar lagarto para comer

O caçador R.C.M., de 44 anos, foi preso nesta quarta-feira em Araçariguama, na região de Sorocaba, 100 quilômetros a oeste de São Paulo, depois que a Polícia Ambiental encontrou emseu freezer um lagarto da espécie teiú, limpo e congelado.O teiú é o maior dos lagartos brasileiros, medindo cerca de 2m de comprimento. Vive em buracos no solo e se alimenta de pequenos animais e frutas. Sua pele é bem cotada no mercado. R., cujo nome completo não foi divulgado, foi detido portando uma espingarda cartucheira de calibre 32 em uma rua do bairro Santa Ellia, em Araçariguama. Os policiais revistaram sua casa e encontraram 34 cartuchos deflagrados, espoletas e duas porções de chumbo, além do réptil abatido e embalado.Ele admitiu que iria comer o lagarto, mas culpou seu cachorro pela morte do animal. Por se tratar de espécie da fauna brasileira, R. recebeu voz de prisão por crime ambiental. Ele pagou fiança e foilibertado, mas responderá a processo também pelo porte ilegal da arma. O lagartomorto foi apreendido.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2003 | 18h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.