Cadáver de 'Pé-Grande' era fantasia de borracha

Quando bloco de gelo em que foi encontrada a 'carcaça' foi derretido, revelou uma fantasia de gorila

AP

19 de agosto de 2008 | 20h48

Ao que parece, o Pé-Grande era apenas uma roupa de borracha. Dois pesquisadores à busca de provar a existência do Pé-Grande disseram que a carcaça encontrada em um bloco de gelo - entregue a eles por dois homens que disseram tê-lo encontrado - foi totalmente retirado do bloco e revelado ser apenas uma fantasia de gorila de borracha.  A revelação vem poucos dias após uma conferência de imprensa que proclamou ter achado os restos mortais da criatura nas montanhas da Georgia do Norte. Steve Kulls, diretor executivo do squatchdetective.com, disse em um post na web que a "evidência", assim que começou a ser descongelada, revelou o grande plano.  Primeiro, a amostra de cabelo foi queimada e "transformada em um punhado de cabelo estranho", disse.  Com o impulso do descongelamento, descobriram que a cabeça era "estranhamente oca em um setor." Uma hora de descongelamento mais tarde e os pés estavam expostos, e os pesquisadores descobriram que eram feitos de borracha.  Matt Whitton havia anunciado a descoberta em seu site e em vídeos no YouTube. Ele disse na época: "Todos que falaram mal de nossa busca vão ter que engolir suas palavras."

Tudo o que sabemos sobre:
ciência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.