Reprodução
Reprodução

Cai a média de moradores por domicílio

Média de moradores por domicílio caiu de 3,3 pessoas para 3,2

Daniela Amorim, Fernando Dantas, Clarissa Thomé e Felipe Werneck, do Rio,

21 Setembro 2012 | 10h01

A média de moradores por domicílio caiu de 3,3 pessoas para 3,2. A proporção de casas com quatro ou mais moradores foi reduzida em 533 mil unidades (de 40,4% para 37,7%). Já as residências com até 3 moradores atingiram 3,3 milhões; passando de 59,6% para 62,3%. Em 2011, os lares brasileiros eram ocupados por duas a quatro pessoas. Essa é a conformação de 70% das casas, de acordo com a estimativa feita pela PNAD 2011. Dos 61,2 milhões de domicílios, 45,8 milhões são próprios (74,8% deles); em 2009, esse índice era de 73,6%.

Vida a dois. A PNAD mostrou que 85,5 milhões de pessoas com mais de 15 anos vivem em união conjugal, o que representa 57,1% da população desta faixa etária. Os pesquisadores perguntaram qual era o estado civil das pessoas que viviam em união: 48,1% eram solteiras; 39,9%, casados; 5,9%, divorciados e 6,1%, viúvos. No País, 64,3 milhões de pessoas com mais de 15 anos não vivem em união. A maior proporção está na Região Nordeste - 44,6%. São 7,9 milhões de homens e 10 milhões de mulheres.

A população brasileira foi estimada em 195,2 milhões de pessoas  - 51,5% são mulheres, 48,5%, homens.

Mais conteúdo sobre:
Pnad IBGE domicílios moradores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.