Campus em reserva florestal gera crise no Ibama

A garantia dada pelo secretário de Políticas de Desenvolvimento Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Sérgio Braga, ao prefeito de Iperó, Marcos Tadeu Andrade (PFL), de que uma área da Floresta Nacional de Ipanema (Flona) será liberada para a instalação de um campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) gerou uma crise no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).Até a tarde desta quinta-feira, nem a administradora da Flona, Ofélia Gil Wilmersdorff, nem a Divisão de Florestas do Ibama tinham conhecimento da liberação.Segundo a assessora de comunicação da Flona, Janete Gutierre, há pareceres contrários dos órgãos do Ministério porque esse uso da Flona contraria a lei federal que criou o Sistema Nacional das Unidades de Conservação (SNUC).Enquanto Braga se reunia com o prefeito de Iperó e com o assessor-chefe da reitoria da Unesp, José Antonio Carrijo Andrade, a administradora lamentava que o Ibama nem tivesse sido comunicado do encontro.Depois de tomar conhecimento da liberação pela imprensa, ela consultou a Divisão de Florestas e a presidência do órgão e aguardava uma confirmação. "Até onde eu sei, há impedimento legal para a cessão das instalações da Flona à Unesp."Braga garantia ao prefeito e ao assessor da universidade que até o dia 15 de fevereiro a documentação liberatória seria encaminhada à reitoria.Além de Iperó, outras quatro cidades da região disputam o campus e oferecem benefícios. A prefeitura de Piedade dispõe-se a desapropriar uma área de 15 mil metros quadrados, com 8 mil metros de edificações, no Bairro dos Paulas.O prefeito Rubens Caetano da Silva (PMDB) encaminhou a proposta à reitoria da Unesp. As prefeituras de Capão Bonito e Itapeva também ofereceram áreas e instalações, além de apoio técnico.A prefeitura de Sorocaba dispõe-se a abrigar a universidade, caso não seja possível a instalação na Flona. O prefeito de Iperó disse que colocará "toda a estrutura municipal" para atender a Unesp.

Agencia Estado,

17 de janeiro de 2002 | 18h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.