Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Canadá tenta combater bactéria mortal

As autoridades de saúde do Canadá estão tentando controlar uma infecção bacteriana encontrada em hospitais e sanatórios do país. A infecção já foi apontada como causa de morte de 189 pacientes nos últimos 18 meses.Em um novo estudo, especialistas em doenças infecciosas disseram que os casos de Clostridium difficile, que causa diarréia e inflamação do cólon, estão aumentando. O estudo mostra que a incidência da doença entre os pacientes mais vulneráveis - a partir de 65 anos - aumentou em dez vezes. Bactéria virulentaO Clostridium difficile é um tipo de bactéria virulenta. Ela cresce no intestino grosso e pode permanecer meses no corpo, apesar de tratamento com antibióticos. Os especialistas que investigam os casos no Canadá afirmam que a bactéria parece ter mutado para uma forma altamente contagiosa e letal, mas eles não sabem o porquê.Ela parece afetar apenas pacientes hospitalizados, geralmente depois de eles terem sido tratados com antibióticos por conta de alguma outra doença. A bactéria é apontada como a causa da morte de 100 pessoas em apenas um hospital no Quebec, nos últimos 18 meses.O risco de contrair a doença parece aumentar quando os pacientes estão passando por quimioterapia ou cirurgia abdominal. A doença também se espalha por esporos encontrados normalmente em banheiros. Por enquanto a doença está restrita a alguns hospitais na província de Quebec e na cidade de Calgary, oeste do país.O ministro da Saúde do Quebec pediu que a população não entre em pânico e questionou se a bactéria foi, realmente, responsável por todas as mortes. Autoridades da saúde anunciaram a criação de um sistema mais eficiente para rastrear a bactéria e estão pedindo a todos os funcionários de hospitais canadenses cuidados extras com a higiene, como a limpeza de assentos de vasos sanitários e maçanetas, e a lavagem sistemática das mãos.

Agencia Estado,

08 de agosto de 2004 | 08h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.