Cannabis alivia efeitos da artrite, afirmam cientistas

O uso terapêutico de cannabis pode aliviar de forma significativa os sintomas derivados da artrite reumatóide, segundo um estudo publicado nesta terça-feira no Reino Unido. O uso médico da droga diminui a dor das articulações quando o doente está em movimento e em repouso, além de melhorar a qualidade do sono e aliviar os sintomas da inflamação.Especialistas do hospital de doenças reumáticas de Bath e da universidade desta cidade no oeste do país, que divulgam sua pesquisa na publicação Rheumatology, fizeram uma experiência com 56 pacientes para determinar os efeitos do uso da planta.Trinta e um deles receberam o remédio fabricado com cannabis (CBM), cujo nome comercial é Sativex, enquanto outros 27 receberam placebo. O Sativex emprega dois componentes-chave extraídos de cannabis, o tetrahydrocannabinol (THC) e o cannabidiol (CBD), que têm propriedades antiinflamatórias.O teste durou 49 dias e obteve "resultados significativos" nas pessoas que tinham tomado CBM. "Os resultados do primeiro estudo controlado de CBM são encorajadores", destacou Ronald Jubb, especialista do Hospital Universitário de Birmingham.Jubb disse que essas pessoas tiveram "conquistas de relevância clínica" que indicam "a necessidade de uma pesquisa mais detalhada através de mais testes para ver exatamente qual é a aplicação ideal da CBM com efeitos colaterais mínimos".Esses efeitos incluem enjôos, dores de cabeça leves, sequidão na boca e náuseas. Só oito dos pacientes que participaram do estudo tiveram um enjôo maior. Nenhum teve que abandonar as provas.

Agencia Estado,

08 de novembro de 2005 | 18h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.