Cariocas fazem festa para o eclipse da lua

O forte nevoeiro que cobriu o Rio desde a manhã de hoje atrapalhou a visibilidade do eclipse total da lua. Milhares de pessoas foram até a Praia do Arpoador (zona sul) para acompanhar o fenômeno. A previsão era de que ele começaria a ser visto às 17h20. Porém, somente às 17h50 o satélite começou a surgir, sendo aplaudido pelo público.?Infelizmente, a nebulosidade complicou a visualização da lua. Mas acredito que em outros pontos da cidade esteja visível?, disse o diretor de astronomia da Fundação Planetário, Órmis Rossi.O Arpoador foi escolhido pela prefeitura e o Planetário como ponto de observação. Um telão exibia imagens da lua e o Quinteto de Metais da Orquestra Sinfônica Brasileira realizou um show no local. Dez astrônomos tiravam dúvidas do público e explicaram que o eclipse lunar ocorre quando a Terra fica entre a lua e o sol, impedindo a passagem da luz solar e projetando sua sombra na superfície do satélite. Rossi disse que não levou telescópios por duas razões: o fenômeno é melhor observado a olho nu e a epidemia de conjuntivite na cidade.A nutricionista Karina Bastos, de 26 anos, foi ao Arpoador com a intenção de assistir ao seu primeiro eclipse. No início, ficou desapontada. Depois, animou-se. ?Este é um fenômeno que sempre acontecia de madrugada e nunca tive a oportunidade de acompanhar. É realmente muito bonito.? Para quem perdeu a chance de hoje, um novo eclipse total da lua ocorrerá à meia-noite de 28 de outubro.

Agencia Estado,

04 de maio de 2004 | 19h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.