Casais britânicos farão anéis a partir de seus ossos

Um projeto de pesquisa de "jóias biológicas" está fazendo com que casais dividam muito mais do que simples promessas de amor eterno.Usando uma espécie de cerâmica bioativa (bioglass) que imita a estrutura de um material ósseo, pesquisadores do Royal College of Art e do Kings College, ambos em Londres, produzirão anéis feitos a partir dos ossos de cinco casais.Os integrantes de cada casal, selecionado a partir de 180 voluntários interessados de toda a Grã-Bretanha, terão o seu dente de siso extraído. O anel será uma combinação de metais preciosos tradicionais com o tecido ósseo de cada integrante do casal.CultivoGeralmente, quando um siso é extraído, o dente vem com uma grande quantidade de osteoblastos que ficam entre o dente e a mandíbula. Os osteoblastos são células responsáveis pela formação dos ossos.Os pesquisadores esperam cultivá-las em laboratório para que os osteoblastos, ao sofrerem transformações químicas, virem uma espécie de cerâmica que pode ser usada na fabricação de produtos como um anel.OsteoporoseEventualmente, a técnica pode ser usada, segundo os cientistas, como tratamento de pessoas que sofrem de doenças que atacam os ossos como artrite, osteoporose e até câncer.Os pesquisadores encontraram no estudo uma maneira divertida de desenvolver uma terapia que vem sendo tentada de diferentes maneiras mundo afora: o crescimento de ossos in vitro."É uma forma de humanizar o processo, incluindo pessoas comuns nele", explica o designer Tobie Kerridge.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.