Cassini envia à Terra dados sobre a gravidade de lua de Saturno

O sobrevoo levou Cassini ao interior da pluma de material rico em água que é expelido pelo polo sul

estadao.com.br

03 Maio 2010 | 17h38

A sonda Cassini completou com sucesso uma campanha de 26 horas para registrar a gravidade da lua Encélado, de Saturno, enviando para os cientistas na Terra dados que serão usados para entender a composição do interior do astro.

 

O sobrevoo levou Cassini ao interior da pluma de material rico em água que é expelido pelo polo sul de Encélado, com uma aproximação máxima de cerca de 100 km, e que ocorreu em 27 de abril.

 

Imagem de Encélado feita  pela Cassini durante aproximação. Nasa/JPL/SSI/Divulgação

 

A conexão de rádio contínua que liga o Cassini à Nasa permitiu que os pesquisadores usassem instrumentos para medir a variação na atração gravitacional de Encélado. A análise ajudará a determinar se existe um oceano sob a "listra de tigre", uma série de fraturas alongadas que cobre a região em torno do polo sul da lua. É pela listra que o vapor d´água e partículas de matéria orgânica são expelidos para o espaço.

 

Resultados do experimento também dirão se bolhas de gelo em temperatura mais elevada ascendem a partir do interior do astro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.