Células cultivadas recuperam danos na córnea

Uma equipe britânica usou células-tronco para recuperar a visão de pacientes com danos na córnea. De dez cirurgias feitas no Centro de Visão do Hospital Rainha Vitória, em West Sussex, sete foram bem-sucedidas, incluindo casos em que o transplante de córnea não havia funcionado.A técnica, experimental, consiste na retirada de células-tronco dos olhos de doadores e seu cultivo em laboratório. Elas foram então transplantadas na área danificada do olho, mantidas em uma membrana amniótica, comumente usada em operações dos olhos.O líder da equipe, o oftalmologista Sheraz Daya, disse que os médicos ficaram surpresos com a forma pela qual as células ativaram a regeneração da área danificada.Testes feitos nos pacientes um ano depois da cirurgia mostraram que não havia traços do DNA dos doadores, o que significa que o reparo foi feito pelas células do próprio paciente, num processo de recuperação permanente que não pede a administração de remédios para evitar a rejeição pelo sistema imunológico.A equipe agora quer estudar detalhes de como o processo ocorre.   leia mais sobre células-tronco

Agencia Estado,

29 de abril de 2005 | 12h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.