Centro de Neurociências começa a operar em outubro

O Instituto de Neurociências de Natal deverá ser inaugurado em outubro, informou o pesquisador Sidarta Ribeiro, que está à frente da iniciativa junto com Miguel Nicolelis, da Universidade de Duke (EUA).?Teremos um grande espaço em Natal. Poderemos instalar uns quatro ou cinco laboratórios?, disse Ribeiro, que é PhD em Neurobiologia pela Universidade Rockefeller.Apesar de os idealizadores do centro terem conseguido uma área na periferia de Natal, nessa primeira fase, para não atrasar o projeto, resolveram usar um edifício no centro da cidade.?No térreo funcionará o espaço para a educação científica para crianças?, disse Ribeiro. No entorno do instituto há quatro escolas públicas que serão atendidas nesse início.O Instituto de Neurociências de Natal foi anunciado em evento realizado no início de 2004 na própria cidade. Além da equipe de Nicolelis e de vários grupos de pesquisa do Brasil, a iniciativa contou com apoio de cientistas de outros países. Os governos estadual e federal também liberaram verbas públicas para a montagem.?Já temos alguns profissionais de nível técnico contratados. Depois da minha instalação em Natal, que deve ocorrer até dezembro, vamos começar a montar a equipe científica?, explica Ribeiro.O grupo de Nicolelis, a partir das pesquisas realizadas na Universidade de Duke, tem obtido resultados importantes no campo das neurociências. Os trabalhos procuram analisar o cérebro e suas reações, a partir de um ponto de vista holístico.

Agencia Estado,

25 de agosto de 2005 | 11h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.