Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Cerimônia reconhece união estável homoafetiva de casais

Esta foi a segunda celebração deste tipo realizada no TJ-RJ e a terceira no Estado do Rio

AE, Agência Estado

09 Dezembro 2012 | 18h41

RIO - Cerca de 90 casais participaram neste domingo (9) de cerimônia coletiva de reconhecimento judicial de união estável homoafetiva no Tribunal de Justiça do Rio. Foi a segunda celebração deste tipo realizada no TJ-RJ e a terceira no Estado do Rio.

Servidores públicos homossexuais do TJ estavam entre os que selaram a união estável com seus parceiros e parceiras. A cerimônia foi conduzida pela juíza Cristiana de Faria Cordeiro. A desembargadora Cristina Gaulia, idealizadora do Programa de Oficialização de União Estável Homoafetiva no Tribunal de Justiça, também participou da mesa.

As cerimônias foram precedidas por uma performance da atriz e cantora Jane Di Castro. A desembargadora aposentada e presidente da Comissão Especial da Diversidade Sexual do Conselho Federal da OAB, Maria Berenice Dias, foi uma das madrinhas simbólicas dos casais.

Mais conteúdo sobre:
cerimônia coletiva casamento gay

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.