Chega ao mercado primeiro manual de robótica brasileiro

O primeiro guia de robótica produzido no Brasil, que será lançado no Rio na próxima quinta-feira, traz dados contrastantes. O número de robôs instalados no País cresceu de 500, em 1995, para 7.500, em 2001. Apesar do crescimento, isso representa apenas 0,7% dos robôs em todo omundo - e entre 60% e 70% deles estão concentrados em São Paulo."Acredito que a questão da baixa robotização das empresas está na falta de insersão do País na economia globalizada. Se as empresas passarem a exportar mais, enfrentarão exigências deprodutos de melhor qualidade. Isso vai incentivar uma maior robotização", afirma o chefe do Laboratório de Robótica da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação e Engenharia (Coppe-UFRJ), Vitor Romano, editor do guia.O livro "Robótica Industrial: Aplicação na Indústria de Manufatura e de Processos" foi escrito por 28 especialistas de 11 instituições de todo o País. A primeira parte do trabalho -"Fundamentos Elementares" - dá noção ao leitor sobre a ciência da robótica. Os capítulos seguintes tratam da utilização darobótica aplicada em atividades de manufatura.Há o exemplo de uma empresa fabricante de andaimes de Minas Gerais, que passou a utilizar robôs no processo de soldagem das peças. "Eles tinham um gargalo nesse setor da produção. Quando um soldador parava o trabalho, perdia-se tempoe material. O retorno do investimento para este empresário deve vir em um ano e meio", diz Romano.No terceiro trecho do livro são discutidos temas sociais, como o impacto que a robotização tem na economia. O guia traz ainda um glossário com os termos técnicos mais comuns. Um CD-ROMacompanha o livro. O preço sugerido é R$ 66,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.