Chimpanzés em cativeiro não se ajudam, diz estudo

Chimpanzés em cativeiro não ajudam outros em seu grupo social, mesmo quando isso não os prejudica, de acordo com um estudo de comportamento animal publicado na revista Nature. Solicitude está presente em seres humanos mesmo quando tal atitude pode prejudicar os interesses de quem ajuda outros.Entre os atributos semelhantes aos dos seres humanos encontrados em chimpanzés estão o uso de ferramentas e, talvez, a habilidade rudimentar com linguagem, mas o estudo sugere que este não é o caso do altruísmo.Outros pesquisadores disseram, entretanto, que chimpanzés em cativeiro tendem a ser menos sociáveis.Para o estudo publicado na Nature, uma equipe liderada por Joan Silk, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, realizou testes com chimpanzés em cativeiro em que os animais eram recompensados com comida.Foram oferecidas aos chimpanzés duas opções de recompensa. Uma permitia a eles que pegassem o alimento para si mesmos. Na outra, o chimpanzé se servia e, ao mesmo tempo, um chimpanzé em um cercado ao lado também recebia alimentos.A equipe de Silk constatou que 29 chimpanzés do estudo não estavam mais inclinados a pegar a segunda opção do que a primeira, mesmo que isso permitisse a eles "fazer uma boa ação" sem prejuízo de seus próprios interesses.O resultado foi surpreendente porque os chimpanzés conviviam no mesmo grupo havia 15 anos. Eles não tinham parentesco, mas eram próximos.A partilha de alimentos foi vista em grupos de chimpanzés em seu habitat natural. Então o estudo da revista Nature levanta questões sobre o surgimento deste comportamento.Outros pesquisadores sugerem que os resultados se devem, talvez, a uma situação pouco natural ou a diferenças em comportamentos provocados por cativeiro.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2005 | 13h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.