China confirma quarto caso de gripe aviária em humanos

Uma menina de dez anos, da região autônoma sulista de Guangxi, é o quarto caso de gripe aviária na China, informou a agência Xinhua, veículo oficial de notícias escolhido pelo Ministério da Saúde para difundir informações sobre a doença no país asiático. O mais significativo, de acordo com especialistas, é que em Guangxi não foi registrado nenhum dos 30 focos da gripe aviária contabilizados na Chinaem 2005. A contaminação provocou a morte de 150 mil e o sacrifício de 21,7 milhões desses animais no país. O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira que a menina, estudante do distrito de Ziyuan, apresentou os sintomas da doença no dia 23 de novembro. A contaminação do vírus H5N1 foi confirmada após a realização de análises clínicas. A agência disse que a menina se encontra hospitalizada, mas não informou sobre seu estado de saúde. A Xinhua adiantou que pessoas que entraram em contato com a menina estão sob supervisão médica, mas não revelou se houve algum caso de contágio.

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2005 | 00h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.