Nasa/Divulgação
Nasa/Divulgação

China lançará sonda para Marte ainda este ano

Sua vida útil da sonda é de dois anos e ela deve chegar à órbita de Marte em 2010, após viagem de dez meses

REUTERS

28 de maio de 2009 | 10h54

A primeira sonda chinesa para Marte deve ser lançada no segundo semestre deste ano, junto com um foguete russo, disse a agência Xinhua nesta quinta-feira, 28, em mais um marco para o ambicioso programa espacial do país.

 

Veja também:

link Rússia e China lançam missões a Marte em 2009; EUA, em 2011

A sonda Yinghuo-1 (Vagalume-1) pesa 115 quilos e já passou por um teste importante, disse à Xinhua o subsecretário da Academia de Tecnologia de Voo Espacial de Xangai, Zhang Weiqiang.

Sua vida útil esperada é de dois anos, e ela deve chegar à órbita de Marte em 2010, após uma viagem de dez meses e 380 milhões de quilômetros, segundo Zhang. A sonda não irá pousar no planeta -- apenas circundá-lo e monitorá-lo.

Há alguns meses, uma sonda chinesa caiu na superfície lunar após uma missão de 16 meses, primeiro passo para o envio de um veículo que deverá pousar na Lua em 2012.

No ano passado, a China lançou sua terceira missão tripulada, a primeira com uma caminhada espacial.

Pequim espera um dia levar astronautas à Lua, mas o governo não anunciou prazos para isso.

Tudo o que sabemos sobre:
ESPACOCHINAMARTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.