Cientistas afirmam poder parar células cancerígenas

Cientistas do instituto Marie Curie Cancer, na Inglaterra, descobriram uma maneira de paralisar as células cancerígenas.A descoberta consiste em reativar um mecanismo de autodefesa do organismo que impede células com mutações perigosas de se dividirem. Aparentemente, quando se trata de câncer, as células conseguem contornar a ação defensiva do corpo, possibilitando a divisão das células cancerígenas, que se espalham para o resto do órgão e, até mesmo, migram para outros.No tratamento de um câncer de pele maligno, conhecido como melonoma, a experiência deu certo. Segundo os cientistas, o câncer foi induzido a um coma permanente. Depois de fazer o mecanismo de defesa do corpo voltar a funcionar, as células cancerígenas não se dividiram mais. Segundo Colin Goding, que liderou a pesquisa, o câncer foi parado depois que os cientistas inibiram o Tbx2 na melanoma. Para ele, o próximo passo é descobrir se o tratamento será eficaz em outros tipos de melanoma e em que proporções o mecanismo pode ser induzido. Apesar da boa notícia, Goding garante que vai demorar pelo menos dez anos para que a descoberta seja aplicada em clínicas.

Agencia Estado,

16 de março de 2005 | 17h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.