Cientistas capturam momento da ovulação

Cientista belga diz à revista que as fotos são as primeiras já feitas de tão perto.

Da BBC Brasil, BBC

12 de junho de 2008 | 06h39

A revista New Scientist publicou em sua edição desta semana fotos que mostram o momento em que o ovário libera o óvulo. A revista diz que as fotos, capturadas pelo ginecologista belga Jacques Donnez durante uma operação, são as primeiras já feitas de tão perto. Donnez, da Universidade Católica de Louvai, disse à revista ter presenciado o momento da ovulação "por acaso" enquanto fazia uma histerectomia parcial - retirada do útero - em uma mulher de 45 anos. Nas imagens, é possível ver o óvulo emergindo do folículo, um saco vermelho cheio de fluidos localizado nos ovários (área clara). Ao ser expelido, o óvulo vem envolvido em uma espécie de gelatina amarela contendo células. Ele então entra nas trompas de falópio e é levado até o útero. O óvulo em si tem o tamanho de um "ponto final" e o ovário mede até cinco centímetros. Donnez disse à New Scientist que a liberação do óvulo era entendida até então como um processo de "explosão", mas que a ovulação à qual testemunhou durou pelo menos 15 minutos. "Essas fotos são extremamente importante para entender melhor o mecanismo", disse o ginecologista à New Scientist. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.