Cientistas criam aparelho que produz teia de aranha artificial

Há anos cientistas tentam achar método para criar teias finas e super-resistentes.

Da BBC Brasil, BBC

29 de abril de 2008 | 19h30

Cientistas criaram um aparelho que imita o processo usado pelas aranhas para tecer teias finas e super-resistentes.A invenção pode ajudar a produzir uma nova geração de materiais fortes e leves, com aplicações em diversos campos, como na medicina.Há anos pesquisadores tentam descobrir um método simples para fabricação de teias artificiais de aranha, já que - comparados a mesmo peso - as teias podem ser cinco vezes mais fortes do que aço."Nós conseguimos observar os primeiros passos para formação da fibra, algo que não era possível antes", disse o cientista que liderou a pesquisa, Sebastian Rammensee, da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha.O trabalho da sua equipe foi publicado na revista científica Proceedings of the National Academy of Science."Agora nós podemos entender melhor como funcionam as condições do processo afetam a qualidade da teia."Apesar de anos de pesquisa, até hoje cientistas não conseguiram produzir teias artificiais com boa qualidade.Quebra-cabeçasAs aranhas tecem a teia a partir de proteínas solúveis em água que são secretadas a partir de células. Essas soluções são forçadas através de pequenos buracos - conhecidos como fiandeiras - que expelem o fio.Para imitar esse processo, a equipe de cientistas alemães produziu geneticamente duas proteínas de teia de aranha a partir de bactérias.O material é colocado em um aparelho de vidro com três canais, que conduzem a um canal maior."A proteína é introduzida em um canal e os outros dois são carregados com soluções de sal", explicou Rammensee.O sal faz com que as proteínas se juntem. Ao passar pelo canal maior, a mistura se transforma em fibra.A equipe conseguiu produzir fibras com propriedades diferentes ao combinar diversas proteínas e sais.No entanto, segundo o professor Fritz Vollrath, da Universidade de Oxford, na Grã-Bretanha, nenhuma teia tinha alta qualidade."É mais um pequeno passo em direção à fabricação do material", disse Vollrath. "Ele adiciona um pedaço ao quebra-cabeças, mas é um quebra-cabeças muito grande e ainda faltam muitos pedaços."Há anos cientistas vêm tentando descobrir o segredo da teia de aranha. Em 2002, a empresa canadense Nexia tentou recriar a proteína dos aracnídeos em cabras transgênicas.A técnica funcionou, mas também não conseguiu produzir teia de boa qualidade, segundo Vollrath.Na falta de técnicas artificiais, algumas empresas têm explorado as teias produzidas naturalmente.A britânica Oxford Biomaterials usa teias de aranha para produção de revestimentos de órgãos que não se regeneram.Segundo o diretor científico da empresa, David Knight, a criação de aranhas produtoras de teias é muito mais vantajosa economicamente do que o uso de técnicas transgênicas, que requerem investimentos maciços em pesquisa.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.