Cientistas criam computador que ajuda na comunicação com cães

Cientistas húngaros estão trabalhandonum programa de computador que analisa latido de cães que podeajudar as pessoas a reconhecer melhor as emoções básicas dessesanimais, afirmou o etólogo húngaro Csaba Molnar. Molnar e seus colegas na universidade Elte de Budapestetestaram um software que distingue reações emocionais de 14cachorros da raça húngara mudi em seis situações: quando o cãoestá sozinho, quando vê uma bola, quando briga, quando brinca,quando encontra um estranho e quando sai para caminhar. "Uma possível aplicação comercial poderia ser um aparelhopara comunicação entre humanos e cachorros", afirmou ocientista à Reuters. O computador reconheceu corretamente a reação emocional doscães com base em seus latidos e uivos em 43 por cento doscasos. Pessoas comuns reconhecem esses sinais corretamente em40 por cento dos casos. Os cientistas afirmaram que o programa pode seraperfeiçoado. Segundo Molnar, a pesquisa dos cientistashúngaros deu provas de que diferentes tipo de latidos caninospodem conter mensagens que os seres humanos são capazes deentender mesmo que eles não tenham experiência com animais. (Reportagem de Sandor Peto)

REUTERS

16 de janeiro de 2008 | 11h26

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIACACHORROS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.