<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CSIRO / Advanced Materials
CSIRO / Advanced Materials

Impressões digitais brilham com nova técnica de identificação

Digitais invisíveis ficam fluorescentes em 30 segundos, quando uma superfície recebe gotas de solução com cristais e é iluminada com luz ultravioleta; método foi criado por cientistas australianos

O Estado de S. Paulo

21 de outubro de 2015 | 20h06

Um cientista australiano desenvolveu uma nova técnica de detecção e análise de impressões digitais para aplicação em identificação de cenas de crime. O método permite que um investigador pingue sobre uma superfície um líquido que contém cristais para depois, utilizando luz ultravioleta, fazer impressões digitais invisíveis brilharem em cerca de 30 segundos.

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.