Cientistas descobrem causa de cabelos grisalhos

Pesquisadores de universidades britânica e alemã afirmam que acúmulo de peróxido de hidrogênio causa perda da cor.

BBC Brasil, BBC

04 de março de 2009 | 16h54

Uma pesquisa de três universidades europeias descobriu o que os cientistas acreditam ser a causa dos cabelos grisalhos.Os cientistas da Universidade de Bradford, Grã-Bretanha trabalharam em conjunto com os especialistas das Universidades Mainz e de Luebeck, da Alemanha.Eles descobriram que os cabelos grisalhos são causados pelo grande acúmulo de peróxido de hidrogênio devido ao desgaste do folículo, o que bloqueia a pigmentação natural do cabelo.A perda da cor nos cabelos é aceita como parte do processo de envelhecimento, mas especialistas afirmam que a compreensão de como o cabelo fica grisalho pode ajudar na descoberta de uma forma de prevenção.A pesquisa foi publicada na revista científica Faseb, da Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental. Segundo o líder do estudo, Karin Schallreuter, os especialistas examinaram culturas de células de folículos capilares humanos.Por estas análises, os cientistas descobriram que o acúmulo de peróxido de hidrogênio foi causado pela redução de uma enzima que "quebra" o peróxido de hidrogênio, que o transformaria em água e oxigênio."A descoberta é um grande avanço na compreensão da descoloração do cabelo e traz novas ideias para combater o problema", disse Schallreuter."Não são apenas as loiras que mudam a cor do cabelo com peróxido de hidrogênio", disse Gerald Weissman, editor chefe da revista Faseb."Todas as nossas células capilares fabricam um pouquinho de peróxido de hidrogênio, mas, à medida que envelhecemos, este pouquinho se transforma em muito. Nós clareamos o pigmento de nosso cabelo de dentro para fora e nosso cabelo fica cinza e, então, branco", acrescentou. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
cabelos grisalhoscausas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.