Cientistas desvendam genoma do cavalo

Trabalho pode ajudar a esclarecer como cavalos foram domesticados; animal tem DNA semelhante a de humanos.

BBC Brasil, BBC

06 Novembro 2009 | 14h21

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu desvendar o genoma, ou conjunto de informações hereditárias codificada no DNA, do cavalo doméstico.

O trabalho, publicado na revista científica Science, poderá esclarecer como os cavalos foram domesticados.

Os autores da pesquisa descobriram que o DNA do cavalo tem muitas semelhanças com o DNA humano, o que pode trazer avanços para a medicina. Cavalos sofrem de mais de 90 doenças hereditárias que mostram semelhança com doenças em humanos.

"Cavalos e humanos sofrem com doenças semelhantes, então, ao identificar os responsáveis genéticos (pelas doenças) nos cavalos, poderemos aprofundar nosso conhecimento das doenças nos dois organismos", afirmou uma das autoras do estudo, Kerstin Lindblad-Toh, de Instituto Broad no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Cambridge, Estados Unidos.

"O sequenciamento do genoma do cavalo é um importante recurso neste sentido", acrescentou a pesquisadora.

O estudo também revelou semelhanças entre o cavalo e outros mamíferos como os ungulados, incluindo bodes, búfalos e gado.

Puro sangue

Para gerar uma sequência genômica de alta qualidade, os pesquisadores analisaram o DNA de uma égua adulta puro sangue chamada Twilight.

O DNA do cavalo foi sequenciado com o uso de uma tecnologia conhecida como sequenciamento Sanger e revelou um genoma que tem cerca de 2,7 bilhões de "letras" ou nucleotídeos.

Além do sequenciamento do genoma de um cavalo puro sangue os pesquisadores também examinaram o DNA de outras raças como o cavalo árabe, o andaluz e o quarto de milha, entre outros.

A equipe analisou a extensão da variação genética em uma raça e também entre as raças de cavalos para criar um catálogo de mais de um milhão de diferenças genéticas entre estas raças.

O genoma do cavalo é um pouco maior do que o do cachorro doméstico e menor do que o genoma humano e da vaca.

Até o momento, além do genoma humano, os cientistas também sequenciaram o genoma do ornitorrinco, camundongo, rato, chimpanzé e macaco reso.

Os cavalos foram domesticados pela primeira vez entre 4 e 6 mil anos atrás. Com o tempo, o trabalho do animal foi sendo substituído por máquinas na agricultura e indústria e o cavalo assumiu outro papel, para o esporte e recreação. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
genoma cavalo MIT

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.