<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Luis Robayo/AFP
Luis Robayo/AFP

Cientistas encontram vestígios do zika em lágrimas de camundongos

Pesquisadores descobriram que restos do código genético do vírus permanecem nos olhos de animais adultos mesmo após eliminação da infecção pelo sistema imunológico

Fábio de Castro, O Estado de S. Paulo

06 de setembro de 2016 | 14h45

SÃO PAULO - Cientistas confirmaram, com experimentos em camundongos, que o vírus zika pode ficar em regiões específicas dos olhos em adultos infectados, causando problemas como conjuntivite e uveíte, que são observados em até 15% dos pacientes.

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.
Tudo o que sabemos sobre:
Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.