Cientistas produzem célula de pulmão em laboratório

Uma equipe de cientistas no Imperial College de Londres anunciou ter conseguido criar células do pulmão em laboratório, a partir de células-tronco embrionárias.De acordo com a pesquisa divulgada pela revista especializada Tissue Engineering, as células que foram criadas são da área do pulmão em que ocorrem as trocas gasosas, nas quais o oxigênio do ar é absorvido pelo organismo.Anne Bishop, a cientista que liderou a pesquisa, disse que "este é um grande passo para a criação de células que poderão reparar pulmões danificados".No entanto, ela advertiu que ainda "serão necessários muitos anos antes que possamos construir pulmões humanos para transplante".Outras célulasA pesquisa diz que, apesar de as células terem sido desenvolvidas a partir de células-tronco embrionárias, no futuro elas também poderão ser criadas a partir de células-tronco retiradas de medula óssea ou outras fontes, o que evitaria as discussões éticas a respeito do uso de células-tronco.Atualmente é possível tratar as pessoas que sofrem de síndromes respiratórias agudas por meio de transplantes de pulmão, mas não há muitos doadores.Stephen Spiro, professor de medicina respiratória no University College de Londres e porta-voz da Fundação Britânica do Pulmão, concordou que "ainda há muito trabalho a ser feito", apesar da descoberta ser animadora.Para Spiro, ainda há muitos outros tipos de células que fazem parte do pulmão e que seriam necessárias para a criação de um novo órgão.   leia mais sobre células-tronco

Agencia Estado,

24 de agosto de 2005 | 09h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.