Clima deve mudar até 63% da vegetação européia

Até 2080, a mudança climática fará com que mais da metade das plantas européias entre nas categorias "vulneráveis" e "ameaçadas", de acordo com critérios da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).Wilfried Thuiller, pesquisador francês do Instituto Sul-Africano para a Biodiversidade (SANBI), e seus colaboradores fizeram projeções sobre o futuro de 1.350 espécies vegetais européias para 2080.Segundo sete diferentes cenários projetados, que trabalham com um aumento da temperatura média entre +1,8°C e +3,6°C entre 2000 e 2080, podem desaparecer entre 27% e 42% das espécies numa determinada localidade da Europa devido à mudança climática.Entre o desaparecimento de certas plantas e a aparição de outras espécies, que migrariam para o norte, a taxa de renovação da flora européia pode ser de 42% a 63%Os trabalhos, publicados pela revista da Academia de Ciências Americanas (PNAS), utilizaram cenários formulados por especialistas do Grupo Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (GICC), os quais refletem diferentes respostas políticas e socioeconômicas."Inclusive os cenários mais moderados, onde as sociedades adotam um comportamento muito prudente para não aumentar as emissões de gases de efeito estufa, têm um grande impacto", explica Sandra Lavorel, do Laboratório de Ecologia Alpina de Grenoble (sudeste da França), que coordenou o estudo no âmbito do projeto europeu ATEAM, com pesquisadores franceses, portugueses, britânicos e suecos.  mudanças climáticas

Agencia Estado,

24 de maio de 2005 | 10h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.