CNA pede autorização para plantio de soja transgênica

O vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Carlos Sperotto, pediu hoje ao ministro da Casa Civil, José Dirceu, que o governo autorize o plantio das sementes de soja de transgênica que estão em poder dos produtores rurais. A autorização seria feita via medida provisória, completou Sperotto, que também é presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul). "Pedimos que o governo autorize o plantio das sementes que estão em poder os produtores por mais dois ou três anos", afirmou. Além de Sperotto, participaram da audiência representantes da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag) e da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado (Fecoagro). Sperotto afirmou que Dirceu foi "altamente receptivo" à proposta. A medida provisória seria uma saída emergencial para permitir o plantio de sementes geneticamente modificadas já na safra 2003/04, que começa a ser plantada em meados de setembro. "Enquanto isso, o Congresso debateria o projeto de lei que regulamentará a questão da biotecnologia no País", sugeriu. Sperotto acrescentou que o ministro não foi questionado quanto à data de envio do projeto de lei ao Congresso Nacional.

Agencia Estado,

08 de agosto de 2003 | 18h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.