CNPq prevê R$ 16,2 milhões para projetos na Amazônia

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), acaba de lançar 11 editais para a região amazônica. Ao todo, serão liberados dos fundos setoriais R$ 16,2 milhões.Segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia, os recursos vão para projetos que visem qualificar recursos humanos na área de pesquisas, adequar a infra-estrutura na Amazônia, promover o desenvolvimento tecnológico e científico.O governo, nessa iniciativa, pretende usar verbas do Fundo Setorial da Amazônia (CT Amazônia) e do CT-Petro.A formação e fixação dos recursos humanos no Norte do Brasil, ainda segundo o MCT, ocorrerá por meio de concessões de bolsas. Essa iniciativa visa a atender graduados, mestres, doutores e técnicos especializados.O anúncio feito pelo MCT apresenta uma novidade em relação às demais bolsas concedidas no Brasil. Desta vez será permitida a participação de professores e pesquisadores em licença sabática (qualquer período em que se observe interrupção ou suspensão de certas atividades regulares).Mais informações:  www.cnpq.br

Agencia Estado,

16 de maio de 2005 | 11h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.