CO2 escapa do solo mais rápido do que se pensava

Um estudo feito na Inglaterra e em Gales revelou que o dióxido de carbono (CO2) escapa do solo para a atmosfera mais rápido do que se pensava, o que contribui para o aquecimento global, segundo um relatório publicado pela revista Nature.Na pesquisa, dirigida pelo professor Guy Kirk da Universidade de Cranfield, foram tomadas amostras de 5.662 lugares, que começaram a ser observados em 1978 como parte do Projeto Nacional de Experiências com o Solo.Amostras voltaram a ser tomadas nos mesmos lugares em 2003 para comparar os níveis de carbono, e se descobriu que eles eram 10% inferiores aos de 1978.Kirk declarou que é mais urgente do que nunca atuar contra a mudança climática porque, se não forem tomadas medidas imediatamente, o aquecimento da atmosfera será cada vez mais rápido.Estima-se que as quantidades de CO2 que escapam anualmente para a atmosfera chegam a 13 milhões de toneladas, das quais 8% correspondem ao Reino Unido.Este fenômeno deve alertar os governos para que tomem medidas drásticas para reduzir as emissões de gases, segundo o compromisso estabelecido pelo Protocolo de Kyoto.  mudanças climáticas

Agencia Estado,

08 de setembro de 2005 | 10h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.