Começa em Sydney a Jornada Mundial da Juventude

Jornada vai até dia 20 e na quinta-feira contará com a presença do papa Bento XVI

Efe,

15 de julho de 2008 | 04h38

Milhares de peregrinos se concentraram nesta terça-feira, 15, em Sydney para participar da cerimônia de inauguração da Jornada Mundial da Juventude. A cerimônia começou com um cântico aborígine e que terá ainda uma missa celebrada pelo cardeal australiano George Pells. Veja também: Polícia perde os poderes especiais em visita do papa à Austrália  A Jornada Mundial da Juventude, que acontece até o dia 20 e que terá a participação na quinta-feira do papa Bento XVI, é o "maior evento religioso juvenil do mundo", segundo seus organizadores. A Igreja Católica espera reunir este ano na cidade australiana 225 mil pessoas, um número inferior a outras ocasiões, o que é justificado pela localização geográfica da Austrália. A inauguração da Jornada Mundial da Juventude aconteceu às margens do Oceano Pacífico, onde se reuniram dezenas de milhares de peregrinos de diferentes partes do mundo. O ato de inauguração começou com a chegada de uma grande cruz de madeira que jovens peregrinos levaram a Sydney após uma viagem que percorreu o país. O papa se unirá aos trabalhos da Jornada Mundial da Juventude na quinta-feira. Até então, descansará em uma residência do Opus Dei nas cercanias de Sydney.

Tudo o que sabemos sobre:
papaBento XVIAustrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.