Hyundai
Hyundai
Conteúdo Patrocinado

Como a robótica mudou a vida de um atleta sul-coreano

Quatro páginas carregadas de esperança levaram o time de pesquisa e tecnologia da Hyundai a criar um projeto especial; conheça

Hyundai, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

16 de abril de 2020 | 17h16

Um inesperado acidente aos 18 anos de idade levou o jovem sul-coreano Jun-beom Park para uma cadeira de rodas em 2008. A lesão definitiva em uma das vértebras transformou de forma radical a vida do garoto que, durante mais de um ano, se isolou de amigos, da namorada e até dos pais. Após uma depressão, entretanto, ele encontrou no esporte uma forma de aplacar suas angústias.

Medicina, robótica e tecnologia

Após muito treinamento, uma década se passou e Park virou um atleta olímpico da Coreia do Sul no tiro com arco. Sempre antenado às inovações tecnológicas no campo da robótica, o atleta resolveu pedir ajuda para especialistas em mobilidade da Hyundai Motors. O sonho dele era voltar a caminhar.

Será que a tecnologia de ponta de montadora e de seu país poderia transformar a vida dele? O pedido chegou aos cientistas em quatro páginas de uma carta que contava uma incrível história de vida. Nasceria desta forma, o projeto Second First Steps.

Confira aqui como os desdobramentos da iniciativa da Hyundai impactou a vida de Park.

 

Tudo o que sabemos sobre:
ciênciaHyundaiParaolimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.