Comunidade internacional une esforços para enfrentar gripe aviária

A comunidade internacional se reunirá a partir desta segunda-feira na sede da Organização Mundial de Saúde (OMS) com uma tarefa nada simples: preparar o mundo para a ameaça de uma pandemia de gripe que pode gerar milhões de mortos e bilhões em prejuízos econômicos. Em Genebra, especialistas, empresas e ministros de todo o mundo terão três dias para fechar uma estratégia global contra a chamada gripe aviária.Os objetivos são preparar um plano de controle do vírus em animais e preparar governos e entidades internacionais para uma eventual pandemia entre humanos. O Banco Mundial ainda anuncia que financiará projetos em vários países no valor de US$ 500 milhões.Apesar de distante dos principais focos, o Brasil precisa se preparar, disse ao Estado Margaret Chan, da OMS. O governo brasileiro também participa da reunião. "O Brasil precisa ter uma estratégia clara de prevenção e de resposta à gripe", disse. Ela lembra que a produção de frango no País é importante e o governo deve estar preparado para controlar eventuais surtos nos animais.Ela sugere que o Brasil não espere apenas as encomendas de medicamentos da Roche, que podem levar um ano. "Se o País tem a mínima capacidade de produção, sugiro que faça acordo com a empresa para a produção local."   leia mais sobre gripe aviária

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.