Confirmado 2.º foco de gripe aviária na Rússia européia

As autoridades russas confirmaram nesta segunda-feira a existência do segundo foco de gripe aviária na parte européia do país, na região de Tambov, cerca de 400 quilômetros ao sudeste de Moscou.Segundo informou Rosseljoznadzor, agência estatal encarregada da supervisão sanitária da agricultura, o foco de gripe aviária aconteceu em uma pequena aldeia da região de Morshansk, onde 14 galinhas de uma granja morreram por ação do vírus H5N1, a variação mais letal.O primeiro foco na Rússia européia havia sido confirmado na quarta-feira passada em Tula, a cerca de 300 km de Moscou.As autoridades também admitiram que "está sob suspeita" de gripe aviária a aldeia de Rostovka, na região siberiana de Omsk, onde já morreram 60 aves de granja de um total de mil.Desde o final de julho foram registrados focos em cerca de 50 localidades de seis regiões da Rússia, embora existam suspeitas de até 90 focos epidêmicos. As autoridades garantem que a situação está sob controle e que no país não foi registrado nenhum caso de contágio de pessoas.   leia mais sobre gripe aviária

Agencia Estado,

24 de outubro de 2005 | 10h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.