Congresso internacional de jornalismo começa hoje

Começa hoje o 5.º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, com mais de 70 palestras e oficinas. Promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o congresso reúne jornalistas, estudantes e professores para discutir as melhores práticas e técnicas jornalísticas.

, O Estado de S.Paulo

29 Julho 2010 | 00h00

Neste ano, o evento terá como eixos temáticos a cobertura das eleições e de eventos esportivos, como a Copa e a Olimpíada. Mas vários outros temas serão abordados. "A cada edição, elegemos eixos principais, com os assuntos mais relevantes do ano. Mas a programação é muito variada", diz Veridiana Sedeh, gerente executiva da Abraji.

"Teremos desde palestras sobre jornalismo literário até sobre a influência das redes sociais", cita Veridiana. Como em outros anos, o temas crime organizado e técnicas de reportagem com auxílio do computador também estarão presentes.

A repórter especial Adriana Carranca, o repórter da sucursal de Brasília Leandro Colon e o colaborador José Roberto de Toledo, todos do Estado, vão dar palestras e participar de mesas de discussão.

Quase 600 pessoas já fizeram a inscrição antecipada pela internet, o que torna esta a maior edição do congresso. "Estamos nos superando a cada ano", comemora Veridiana. "A Abraji e o congresso estão cada vez mais conhecidos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.